31 dezembro 2006

Bom Ano!


Eu já tinha deixado os meus votos de bom ano quando escrevi o post do Natal (ainda assim sou muito prático), mas é sempre bom reforçar. Até porque no estado em que está o país começa a parecer que só nos safamos mesmo com sorte... Por isso eu desejo a todos boa sorte e que o ano de 2007 seja melhor que o passou.

Muitas felicidades e um Bom Ano Novo para vocês!

Pedir que todos os nosso sonhos se realizem se calhar também é de mais, mas pelo menos que alguns dos vossos sonhos (e dos meus) se realizem neste ano e que tudo corra pelo melhor.

Que nunca deixem de sonhar e que tenham sempre força para as batalhas que tiverem de travar! Os sinceros desejos de um Bom Ano!

Nada melhor que uma piada para começar bem o ano (cliquem para aumentar).

7 comentários:

Mónica disse...

Bom ano para ti tb!

Fatyly disse...

Nunca deixes de sonhar, lutar e sorrir. Bom ano!
Beijos

elsa disse...

Espero que tu tb nunca deixes de sonhar. Eu acredito que nem sempre é o sonho que comanda a vida.. mas a Vontade de começar ou recomeçar a Sonahr ou a Viver. beijo

Luís disse...

E um bom ano para ti também =)

Déjàvu disse...

Além de desejar um bom ano, não resisti a colocar aki este poema de k gosto tanto :-) e k foi cantado tão bem por zeca afonso

Pedra filosofal

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é Cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

António Gedeão

Pedro Morgado disse...

Feliz Ano!

psique disse...

Feliz Ano novo.
Rir é sempre bom...
beijo